AFAGO - Associação dos Filhos e Amigos de Gouveia        

Retornar






Comentários
Raimundo Nonato de Miranda Chaves

Escolas: João Baiano e Niquinho Miranda

Registra-se, aqui, aplausos para:

1) A coordenação das atividades da E.M. João Baiano, sob a responsabilidade da profa. Michele, que além da programação teve o cuidado de documentar as atividades realizadas; sem o que não se poderia fazer esta reportagem fotográfica.

2) A admministração municipal, na pessoa da secretaria municipal de educação profa. Maisa, que possibilitou toda a movimentação dos estudantes, podendo realizar as comemorações em locais diferentes: O dia das crianças, na E.M. Niquinho Miranda, com pula-pula e algodâo doce; o dia dos estudantes na praça de esportes de Gouveia, com direito à banho de piscina, certamente, uma novidade para a maioria; o dia da consciência negra, na Vila Alexandre Mascarenhas, onde os estudantes, com as faixas alusivas, homenagearam Nossa Senhora do Rosário, durante a procissão em sua honra; acrescente-se o transporte dos pais para a festa comemorativa do seu dia, realizada na sede da E.M. João Baiano.

Escola Municipal João Baiano

Para apresentar as escolas usar-se-á o critério de disponibilidade das informações. No momento estão disponíveis apenas as da EM João Bainao.
A escola João Baiano é de certa forma sucessora da Escola Estadual Rural Mista de Camilinho, criada pelo Decreto No. 4.057 de 06 de dezembro de 1913, assinado pelo governador Júlio Bueno Brandão e pelo secretário do Interior Delfim Moreira da Costa Ribeiro. Esta escola funcionou, até 1940, na sala de residência de Niquinho Miranda.
A partir de 1941, a escola funcionou no prédio escolar construído por João Fernandes Chaves (João Baiano), com recursos próprios. Quando a responsabilidade do ensino fundamental, na zona rural, foi transferido do Estado para o Município, criou-se então a Escola Municipal Camilinho, pela Lei Municipal 465/77, sancionada pelo prefeito Theodulo Alves Prado. O nome da escola foi alterado, para Escola Muncipal João Baiano, pela Lei Municipal No. 506/79 também sancionada pelo prefeito Theodulo Alves Prado. Todas funcionaram no prédio construído por João Baiano até 4 de setembro de 1984 quando foi inaugurado, pelo prefeito Geraldo Manoel Brandão Bitencourt o prédio atual da escola.


Escola Municipal Niquinho Miranda

EM Niquinho Miranda, localizada em água Parada está, de certa forma, ligada à EM João Baiano em Camilinho. Esta ligação entre duas unidades do sistema educacional se dá pela proximidade física, pelo desenho do acesso rodoviário, e, pela distribuição dos estudantes, tal que, alunos dos três primeiros anos escolares freqüentam a EM Niquinho Miranda e, do quarto ao nono ano, a EM João Baiano.
As fotos, nos painéis abaixo, têm reunidos estudantes das duas escolas: A festa do dia das crianças, por exemplo, foi realizada na EM Niquinho Miranda; a do dia dos pais, na EM João Baiano, em ambos os acontecimentos, estavam reunidos estudantes e professoras das duas escolas.
O nome Niquinho Miranda é homenagem a Manoel Pinto de Miranda, conhecido como Niquinho. Filho de Antônio Francisco Pinto Mundéo e Idalina Bernardina Dornas. Niquinho residia em Camilinho, proprietário da parte oeste da fazenda, a parte leste era propriedade de João Baiano que a comprara de Antônio Francisco Pinto – Canequinho – irmão de Niquinho.
Niquinho Miranda construiu, em 1916, a capela Nossa Senhora das Dores, de Camilinho e permitiu que a sala de sua residência fosse usada como sede da Escola Estadual Rural Mista de Camilinho, no período de 1913 a 1940. Entre as professoras que ali lecionaram estão duas filhas: Maria Amélia e Zenilia, e, posteriormente, a nora Maria Luiza. O nome da escola foi definido por lei municipal sob a administração do prefeito Theodulo Alves Prado.


Seleção de fotos dos prédios e das professoras, desde 1913 a 1984



Mostra do trabalho realizado no ano de 2009

Considerando que uma imagem vale por mil palavras, apresenta-se, a seguir, um conjunto de paineis com fotografias das ações realizadas pela EM João Baiano, sob a competente gestão da Professoa Michele que recebeu, naturalmente, o apoio do colegio de professores e do grupo de auxiliares administrativos. A escola ainda tem o que mostrar; espera-se receber trabalho de pesquisa realizado pela Profa. Eunice, com envolvimento de estudantes, que certamente, vai valorizar este relatório fotográfico.
Os dois primeiros paineis de fotografias são destinados à atividades acadêmicas: aulas teóricas e práticas, palestras apresentadas por convidados, apresentação de trabalhos de estudantes e mais algumas fotos de professores e estudantes.

Aulas de Ciências, aulas de Matemática e Palestras





Aulas de Portugues, aulas de Educação Física, Turma da EM Niquinho Miranda e formandos





Comemoração: dia da Criança

A comemoração do dia da criança se deu na EM Niquinho Miranda, localizada na comunidade de água Parada, a Niquinho Miranda é uma espécie de parceira da EM João Baiano. Lá são preparadas as crianças das séries iniciais do ciclo fundamental; transferidas, posteriormente, para a EM João Baiano. Então, relizar as comemorações do dia das crianças onde elas se encontram é decisão sábia.

Comemorações: dia do Professor e dia do Estudante

A comemoração do dia do Professor se deu na sede da EM João Baiano, com direito a desfile de moda, apresentado pelas alunas.
No painel, que se apresenta a seguir, são as fotografias da primeira coluna.
A comemoração do dia do Estudante aconteceu na sede do municipio, onde se reuniram estudantes de diferentes escolas. A saudável confraternização ocorreu na Praça de Esportes de Gouveia.
Considera-se que acontecimentos como este são muito importantes para que estudantes conheçam a realidade de outras escolas. Eu, pessoalmente, espero e rezo - porque é a única coisa que posso fazer, para que estudantes de diferentes escolas se reunam, não só na sede do municipio, mas em cada uma das escolas. Espero que, no futuro, cada uma delas tenha condições de receber visitantes para disputas esportivas, para comemorações em conjunto ou até mesmo para cursos e palestras.
As fotografias da comemoração do dia do estudante estão na segunda coluna do painel abaixo.



Comemorações: dia dos Pais e dia da Consciência Negra

A comemoração do dia dos Pais se deu na sede da EM João Baiano, onde os pais foram recebidos com carinho, com presentes, com bingo, com comes e bebes.
No painel, que se apresenta a seguir são as fotografias da primeira coluna.
A comemoração do dia da Consciência Negra aconteceu na Vila Alexandre Mascarenhas onde celebrava-se a festa de Nossa Senhora do Rosário. A tribo da EM João Baiano se integrou com a comunidade local e concorreu para dar brilho ao acontecimento. A criatividae de professores e estudantes despontou mais uma vez. Deve-se salientar o quadro, com formato do mapa do Brasil, contendo rostos das mais diversas cores.
As letras na cor branca, da faixa com citação de Bob Marley,torna a leitura dificil na foto:
Enquanto a cor da pela for mais importante do que o brilho nos olhos sempre haverá guerra
As fotografias da comemoração do dia da consciência negra estão na segunda coluna do painel abaixo.



Comemoração: Formatura

No municipio de Gouveia há duas escolas municipais que têm o ensino fundamental completo A EM "João Baiano" de Camilinho e a EM "Prof. Zezé Ribas" de Pedro Pereira.
A Secretaria Municipal de Educação faz a entrega dos certificados de conclusão, aos alunos de ambas as escolas, numa mesma solenidade.
A comemorção se realiza na sede do municipio, com transporte para formandos e familiares que participam da Missa de Ação de Graças e depois comparecem à solenidade de entrega dos certificados, no Kobu Tenis Clube. Logo após e no mesmo local é oferecido um jantar aos formandos e seus convidados. Cada grupo de formandos, de Camilinho ou de Pedro Pereira, elegem pessoas da comunidade como seus padrinhos. Meu nome é Raimundo Nonato Miranda Chaves e me orgulho de ter sido um dos padrinhos do grupo de formandos da EM "João Baiano".