Assembleia Geral e Congraçamento 2012

Retornar

Comentários Iniciais

Comentários de
Raimundo Nonato de Miranda Chaves

"Deus tira os dentes, mas alarga a garganta". A Afago realizou reunião ordinária da Assembleia Geral e Congraçamento no dia 17 de março de 2012. Poucos associados, muito poucos marcaram presença, mas a alegria, o espírito de camaradagem daqueles que compareceram compensou a deficiência numérica. João de Jesus Saraiva veio de Contagem - provando que distância não é impecilho para quem quer participar dos encontros de gouveianos - encontrou as irmãs Vieira: Ilda e Irene, velhas conhencidas do tempo de residência em São Roberto. Edmar Silva de Miranda - afilhado de Dom João de Souza Lima -, compareceu pela primeira vez e se encontrou com dois outros "padres gorados": Guido e Dingo; falaram de reminiscências do tempo de seminaristas, em Diamantina. José Moreira, com ar professoral, nos ensinava culura popular - os saberes e os fazeres. Diva Maria e Adélia mantiveram longo papo, falaram de quibe, de cobu da Gouveia e de redações do concurso Prêmio Afago de Literatura - elas são da comissão de seleção de trabalhos. Adilson sempre preocupado com as finanças da Afago propos o aumento da mensalidade dos associados de R$10,00/mes para R$15,00/mes. Milton, preparado para inscrever novos associados, se frustrou, mas é um gentleman e manteve o otimismo. Haroldo Ribas, entusiasta das cavalgadas, agora, fazendo apologia dos sobrinhos nas trilhas de ciclismo. Manoel e Geraldo Miranda - adora iscas de peixe -, observando e comentando o ambiente. Raimundo Nonato leu artigo que enviara para publicação no folheto cultural/Voz Amiga, reportando a solenidade de posse da diretoria da Comissão Mineira de Folclore, com referência especial ao presidente José Moreira e à primeira dama Adélia Moreira.
Moreira agradeceu, comentou sobre a ajuda da Afago e ofereceu a sua chácara, na comunidade de Pinhões, municipio de Santa Luzia, para realização da próxima reunião de Congraçamento - oferta recebida com aplausos. Marcos Brum Ribas compareceu acompanhado de Renata e dos filhos: Pedro e Maria Eduarda. Agradeceu ao presidente da Afago pelo interesse em manter a entidade criada por seu pai - Doutor Waldir de Almeida Ribas - e adiantou, que a sala 1709 do Ed. Caxias, sede da Afago, deverá constar da sua parte na divisão dos bens inventariados; e, que o contrato com a Afago, em regime de Comodato, será mantido.
Minha frustração frente ao desinteresse do gouveiano da RMBH para com a Afago, em particular, e com Gouveia, em geral, foi amplamente suplantada quando Marcos Ribas me falou: Maria Eduarda faz questão de vir às reuniões, ela quer saber tudo sobre a Afago e, dia destes, ela me perguntou quantos anos ela deverá ter para ser a Presidente da Afago. Eu fiquei muito feliz Maria Eduarda, com seu interesse pelas coisas do avô, isto é mais uma garantia que a Afago tem continuidade garantida. Maria Eduarda, com apenas 12 anos, me procurou e me pediu autorização para fazer a página da Afago no Facebook. Autorização concedida.

Decisões da Assembleia

Links