Estudo de História Regional

Retornar

Um pouco de história

Raimundo Nonato de Miranda Chaves

Tradicionalmente, no mês de junho, ás vezes estendendo até julho, celebram-se as festas de São João, principalmente, no nordeste e no sudeste do país. São as chamadas festas juninas, com forró, quadrilha, comidas típicas, quentão, vinho quente e muita alegria. Nestas festas, o homem do meio rural, denominado, de forma pejorativa, de caipira, representado trajando roupas remendadas, chapéu de palha roto, barbicha rala, mal penteado e calçando botinas. Nada mais ridículo! Há que se freqüentar as comunidades rurais para constatar que esta figura de Jeca, criação de Monteiro Lobato, existiu nas publicidades do Laboratório Fontoura e nos filmes de Mazzaropi.
Nas comunidades rurais encontram-se boas escolas, professoras competentes e estudantes promissores.
Leiam, com atenção, por favor, o Projeto, ambicioso, de Simone Maria da Silva, professora de História da E.M. João Baiano e da E.M. Profa. Zezé Ribas, respectivamente, da comunidade de Camilinho e da comunidade de Pedro Pereira.