Retornar

ANEXO II - RELATÓRIO DE ATIVIDADES DESEMPENHADAS PELA ENTIDADE (DOIS ANOS) A Caminhos da Serra nos últimos dois anos participou de várias atividades de educação ambiental, comitês de bacia, Conselhos regionais. Abaixo vamos citar algumas das principais atividades desenvolvidas.

RESERVA NATURAL DE CERRADO CURRAL DE PEDRAS:

A Reserva foi criada, na cidade de Gouveia, é administrada pela Caminhos da Serra. Tem como objetivo se tornar um núcleo irradiador e desencadeador de princípios e processos de educação ambiental e desenvolvimento sustentável, através da difusão de conhecimentos, da experimentação pedagógica, da experimentação de tecnologias alternativas e sustentáveis, tendo como temática ambiental a Bacia Hidrográfica, a escola e as comunidades rurais como seus principais focos e a Bacia Hidrográfica do Rio Paraúna como campo de atuação.
As atividades desenvolvidas na Reserva são:
  1. Horticultura orgânica desenvolvida por duas famílias vizinhas à Reserva,
  2. Compostagem e minhocário para utilização local,
  3. Tratamento de esgotos águas cinza e negra,
  4. Plantio de mudas de espécies do cerrado,
  5. Estudo de plantas medicinais do cerrado,
  6. visitas orientadas para grupos de Escolas e outras entidades.

Fotografias de ações no Curral de Pedras













EXPEDIçãO PARAúNA:

A Expedição Paraúna teve como finalidade percorrer a pé e de barco toda a calha do Rio Paraúna, analisando a qualidade de água, mapeando seus tributários, fazendo contato com as comunidades ribeirinhas e divulgando o Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraúna.
A Expedição aconteceu em 2007 e houve novo encontro em maio de 2009 durante a Expedição Pelo Velhas realizado pelo Projeto Manuelzão.
Foram parceiros da Caminhos da Serra na Expedição Pelo Rio Paraúna: Supram-Jequitinhonha, IEF-Diamantina, IMA-Belo Horizonte, Unimontes, Projeto Manuelzão, Prefeitura Municipal de Gouveia, Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraúna.
A Expedição gerou documentos fotográficos, mapeamentos, pesquisas sociais, dados da hidrologia. Estes dados estão disponibilizados no Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraúna.

Fotografias de Expedição Paraúna













PROJETO CATA-PILHA:

O Projeto Cata Pilha foi criado pela parceria entre a Caminhos da Serra, o Grupo Comercial Mário Maria e tem como objetivo dar novos destinos às pilhas que seriam jogadas no lixo ou nos quintais.
Foram instalados dois pontos de recolhimento, um no Supermercado MM e outro no MM Materiais de Construção.
Os coletores são acompanhados de um banner que explica o Projeto e seus objetivos.As pilhas recolhidas têm sido encaminhadas ao Banco Real / Santander. Até o momento foram recolhidas 1100 pilhas em dois meses de projeto.
Recebemos também visita de alunas da Escola Estadual Joviano de Aguiar que estudaram o projeto, e também fizeram recolhimento e entregaram no ponto de coleta. O programa foi divulgado na Rádio no primeiro mês de seu funcionamento. Também estamos recebendo pilhas das comunidades rurais. Aguardamos a possibilidade de outras parcerias para aumento dos pontos de coleta.

Banner do Projeto Cata-Pilha - exposto em locais de coleta



PROJETO RECICLOL:

O projeto Reciclol é de caráter socio-ambiental, visa diminuir os impactos causados pelo óleo de cozinha despejados nos solos e nas águas do município de Gouveia e contribuir para a mudança de hábito através da educação ambiental. O projeto tem o objetivo de recolher o óleo de cozinha utilizado pelas residências e estabelecimentos comerciais de Gouveia e promover a reutilização e reciclagem em produtos como sabão, detergente e biodiesel.
O caráter ambiental do projeto advém da mudança de conceitos e ações do dia a dia, através da educação ambiental e a diminuição do lançamento de óleo de cozinha em águas e solo, melhorando a qualidade das águas de nossos córregos e rios e também do nosso solo que é tão carente.
O caráter social advém da reciclagem do óleo de cozinha transformando-o em biodiesel e também a reutilização transformando-o em sabão que poderá ser feito em qualquer residência.
A área de abrangência do projeto é a cidade de Gouveia, MG, bacia hidrográfica do Rio Paraúna e já conta com uma área implantada na Vila de São Roberto e outro projeto piloto sendo implantado no bairro Capelinha. Posteriormente à medida que forem consolidados seus objetivos haverá a expansão para demais bairros da cidade. O projeto já recolhe mensalmente 85 litros de óleo.
O projeto é uma parceria entre a associação Caminhos da Serra Ambiente, Educação e Cidadania a Fábrica de São Roberto, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e a Unopar – Universidade Diamantina.

Banner e Fotografias relativas ao projeto reciclol









PROJETO BIOMONITORAMENTO:

O Projeto de biomonitoramento Tem Bicho na água tem o objetivo de avaliar as mudanças no ambiente aquático do Rio Paraúna, através da avaliação dos bentons encontrados. O projeto tem parceria com o Nuvelhas – UFMG – Projeto Manuelzão e o SCBH-Paraúna. O projeto de biomonitoramento está em implantação na Bacia Hidrográfica do Rio Paraúna.

Banner e Fotografias relativas ao projeto biomonitoramento











AÇÕES DIVERSAS:

  1. Conselheira representando a sociedade civil no COPAM–Conselho Estadual de Políticas Ambientais - regional Jequitinhonha.
  2. Conselheira e coordenadora da sociedade civil no Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraúna – Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas.
  3. Conselheira do Comitê da Bacia do Rio das Velhas, representando a Sociedade Civil.
  4. Membro do CIEA – Conselho Interinstitucional de Educação Ambiental – Mesorregião Mucuri e Jequitinhonha.
  5. Parceira e Coordenadora do Projeto Sala Verde com o Ministério do Meio Ambiente.
  6. Parceira e Coordenadora do Projeto Coletivos Educadores do Ministério do Meio Ambiente.
  7. Membro como conselheira do CODEMA – Gouveia.
  8. Membro do Conselho de estudo e implantação da Ecotrilha da Maria Fumaça Diamantina-Corinto em parceria com a Secretaria de Turismo MG, Sebrae, Instituto Estrada Real, Ibama, IEF, Emater, Assembléia Legislativa, Ministério do Turismo.
  9. Membro Conselho da APAM – Barão – Capivara em Gouveia – MG.
  10. Parceria com o IEF no projeto de Proteção de Nascentes na região do alto vale do Jequitinhonha e vale do Rio Paraúna.
  11. Levantamento fotográfico e cartográfico da região com ênfase na bacia do Rio Paraúna.
  12. Georeferenciamento de sítios arqueológicos da região.
  13. Esclarecimento nas comunidades rurais sobre degradação ambiental e uso e ocupação do solo.
  14. Participação no Congresso Lixo e Cidadania representando a Bacia do Rio Paraúna - Feam.
  15. Participação no Seminário Floresta Plantada – FAFEID.
  16. Intercâmbio com professores da Alemanha em visita à região.
  17. Intercâmbio com Socióloga do Japão em visita à região.
  18. Concessão de estágio para alunos do Curso Técnico de Meio Ambiente da Escola Técnica Federal de São João Evangelista – Curso Agronomia e Meio Ambiente Dezembro
  19. Participação em debate sobre Mineração e Sustentabilidade como debatedor na cidade do Serro – Supram – Anglo Ferrous.
  20. Debatedor na Feira Cultural do Distrito de Tombadouro sobre o tema: Aquecimento Global
  21. Participação no seminário: Zoneamento Ecológico Econômico de Minas Gerais
  22. Fórum para Socialização do Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável – Território Alto Jequitinhonha.
  23. Refletindo o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas – Empresa Marca Dágua– Oficina retorno de dados de pesquisa e criação de agenda de trabalho
  24. Debatedor sobre construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas no Rio Paraúna, em reunião do CBH Velhas em Ouro Preto.
  25. Debatedor no Encontro promovido pela Semad – Gerenciamento Recursos Hídricos – Comitês de Bacia.
  26. Reunião debate implantação de agência de bacia. CBH Velhas – Agência Peixe Vivo.
  27. Promoção Semana Meio Ambiente em Gouveia.

Caminhos da Serra Ambiente, Educação e Cidadania. Agosto 2009.