SARP - Sociedade Amigos do Rio Paraúna


Retornar

Comentários
Raimundo Nonato de Miranda Chaves

A Sociedade Amigos do Rio Paraúna (SARP) é uma entidade que trabalha intimamente ligada ao SCBH do Paraúna e exerce, pode-se assim dizer, a função de braço administrativo deste subcomitê.
Projetos tais como monitoramento das águas do rio Paraúna, cata-pilhas, recicol, são desenvolvidos com a participação de ambas as entidades. A SARP, também, contrata estagiário e assume outras despesas dos projetos.

Do Estatuto, registrado em 30 de maio de 2006, transcrevo as informações a seguir.
A Sociedade Amigos do Rio Paraúna, também denominada pela sigla SARP, é uma organização não-governamental de proteção e conservação do meio ambiente, juridicamente constituída como associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, com número ilimitado de sócios e prazo de duração indeterminado, com atuação na bacia hidrográfica do Rio Paraúna, tendo sede à Alameda Souza Lima, 1624, bairro Serrinha, Gouveia, MG e foro na cidade de Diamantina, MG.
A SARP tem como objetivo a luta pela qualidade do meio ambiente, o respeito a normas e legislações existentes, bem como sua aplicação para o bem comum, dentro de princípios éticos e de moralidade.
São objetivos sociais da SARP, que assim realiza sua missão:
  1. Desenvolver, apoiar e promover programas, projetos ou planos de meio ambiente, cultura e patrimônio histórico, com ênfase na ação junto à coletividade e respeito aos princípios éticos;
  2. Contribuir para o fortalecimento dos mecanismos institucionais de proteção e conservação do maio ambiente;
  3. Criar, produzir e disseminar conhecimentos especializados, que tenham na ecologia, cultura e patrimônio histórico seu tema principal;
  4. Assessorar, prestar serviços, orientar e participar em programas, projetos e outras formas de ação técnica, coletiva, pública ou privada, que promovam o meio ambiente, a cultura e a preservação do patrimônio histórico;
  5. Formar e reciclar profissionais de meio ambiente, promovendo a adoção de tecnologias e abordagens inovadoras, especialmente às voltadas para o desenvolvimento sustentado;
  6. Participar e promover programas de educação, difusão de conhecimento e de conscientização;
  7. Atuar nas lutas e movimentos sociais que atuem com objetivos similares.
A SARP é administrada por
  1. Assembléia Geral;
  2. Diretoria;
  3. Conselho Fiscal.
No dia 04 de dezembro de 2009, no Centro Comunitário de Presidente Juscelino foi eleita a Diretoria e o Conselho Fiscal para o biênio 2010/2011, conforme relação a seguir